Home Notícias Fale Conosco
Notícia
07 de Abril de 2006

Reunião dos árbitros de 1ª e 2ª categorias

O encontro dos árbitros, ikkyu e nikkyu, promovido pela União dos Clubes de Gateball do Brasil, no dia 5 de março, reuniu 74 pessoas no salão da Associação da Província de Miyagui, no bairro da Liberdade.
Sob apresentação do vice-presidente Kazushi Sugahara, a sessão teve início às 9 horas com as palavras do diretor de arbitragem, Hatiro Honda, seguidas pela saudação do presidente Toru Hondo que agradeceu a todos pela presença de grande número de atletas da capital, cidades distantes do Estado de São Paulo, e outros estados como Paraná, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Na qualidade de  convidado especial, participou também o presidente da recém-criada regional Pernambuco, Takeshi Komuro.
Antes de entrar na ordem do dia, o presidente Hondo anunciou o lançamento do livro intitulado Aprimorando seu Gateball, versão em português do livro Gateball Jootatsu Handbook, editado em japonês pela Japan Gateball Union, em fevereiro de 2005. O grupo que colaborou na tradução da obra recebeu, na ocasião, os exemplares acompanhados de  cartas de agradecimento.
Na pauta do dia, Honda discorreu sobre o tema O que os juízes devem saber, dando destaque a relevância do papel  de cada juiz, durante as competições. Segundo ele, os juízes, além de arbitrarem, devem saber conduzir os torneios com harmonia, mantendo sempre a sua imparcialidade nas decisões e propiciando condições para preservação de segurança e saúde dos jogadores.  É importante que os juízes conheçam profundamente as regras de gateball para tomarem decisões corretas e rápidas, enfatizou o expositor.
O vice-diretor de arbitragem, Kazushi Sugahara, fez suas colocações a respeito das qualificações que os juízes mais graduados devem possuir, tais como liderança,  personalidade marcante e  atitudes corretas, entre outras.
Na segunda parte da reunião, cinco árbitros ikkyu foram convidados para seus depoimentos e exporem suas opiniões a respeito de arbitragem.  Assim fizeram os árbitros Oswaldo Tamagawa da Regional Alta Araraquara, Massaru Sakurai da Sorocabana, José Nozimoto da Noroeste,  Tomoo So da Sudoeste e Seizi Oga da Capital-São Paulo.
Finalizando, o presidente Hondo discorreu, de forma suscinta, sobre as atribuições básicas dos juízes.  Mais uma vez, foi enfatizada a importância da atuação com objetividade, observando as jogadas e tomando  decisões corretas e sem parcialidade.  Ademais, observou que os juízes devem obter confiança dos jogadores, que são os protagonistas durante o jogo, para que eles desenvolvam plenamente  suas capacidades técnicas.
No intervalo, por volta de meio-dia, foram oferecidos obentôs para todos os participantes.


« Voltar
 
UCGB - União dos Clubes de Gateball do Brasil | Todos os direitos reservados