Home Notícias Fale Conosco
Notícia
02 de Agosto de 2006

Divulgando o Gateball

A convite da Comissão Organizadora do 9º Festival do Japão, a União dos Clubes de Gateball do Brasil participou do evento, como nos anos anteriores, fazendo apresentações de gateball ao público que afluiu no Centro de Exposições de Imigrantes, nos dias 15, 16, 22 e 23 de julho.
O festival foi promovido pela Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil, tendo como tema “Matsuri” que significa festa.
Juntamente com outras modalidades esportivas, relacionadas à cultura japonesa, tais como taissô, tênis de mesa, beisebol, judô , sumô, o gateball ocupou o espaço reservado para suas demonstrações, montando ali o gate e a área de partida, para que qualquer pessoa pudesse testar a sua  habilidade.  Centenas de pessoas estiveram no local para experimentar a batida de bolas com o taco e algumas delas sentiram a satisfação de ver sua bola passar pelo gate e receberam elogios e brindes. Era a simulação da passagem de bolas pelo primeiro gate.  Eles puderam conhecer um pouco mais aquele estranho esporte praticado, muitas vezes, por pessoas de terceira idade, com demonstrações e a leitura de folder explicativo.
Muitos dos que assistiram às demonstrações declararam não conhecer nada sobre esse esporte, apesar de ser, hoje, largamente difundido no Brasil e no mundo.  Estima-se que o nosso país tenha no mínimo 20.000 praticantes.  A maior população de gatebolistas, porém, concentra-se na China, com 5.000.000, e no Japão, com 2.000.000.
O gateball é tido, no mundo inteiro, como esporte que contribui para preservar a saúde, pois exige do atleta movimentos moderados e contínuos de todos os segmentos do corpo. Este exercício moderado melhora a circulação sanguínea, fortalece os músculos e aumenta a resistência orgânica.  Além disso, o gateball é um esporte essencialmente de estratégia e requer atenção constante e uso de raciocínio, fazendo com que ative a memória.  


« Voltar
 
UCGB - União dos Clubes de Gateball do Brasil | Todos os direitos reservados